| Home | Contato | Versão em Português | @ItalytexTecidos


Cores 2014
enviado em 15 de abril de 2014
fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014_destaque

Crus – Use com outros tons neutros, com cores fortes e até com preto.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-01

Amarelo – Seja monocromático ou estampado, aposte! Superverão

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-02

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-03

Nectarine – Com outros tons fortes e um ton-sur-ton fica lindo.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-04

Poppy Red (vermelho Rosado) – Para uma mulher segura e ousada.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-05

Violeta – Se você tem um pouco de receio, aposte em uma estampa.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-06

Esmeralda – Fica bem em quase todo mundo.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-07

Limão – Se você tem um pouco de receio, invista em um acessório.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-08

Jade

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-09

Azul-céu – Fica ótimo com verde, e com preto tem uma atitude mais jovem.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-10

Azul Mônaco – Novo preto. Monocromático chique!

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-11

Branco – Invista em tecidos texturizados e faça um mix mais chique.

fiorentino_moda_tendencia_cores_verao_2014-12

Estilistas apontam o que é tendência em vestidos de noiva
enviado em 1 de abril de 2014

A cada ano novas tendências de vestidos para as noivas são lançadas, mas antes de estar ou não em alta, a estilista Karen Raissa diz que é necessário ver se os modelos se adequam com o estilo da noiva. Se você é uma noiva que quer estar na moda na hora de dar o sim, veja o que alguns dos mais conhecidos estilistas de Porto Alegre dizem sobre tecidos, cortes, modelagens e escolha aquele vestido que mais combina com a sua personalidade.

A “linha mestra” seguida pelos estilistas para dar vida às tendências de vestidos em 2011 traz as assimetrias, as sobreposições de elementos e textura. Rendas e acessórios com motivo floral também têm feito sucesso entre as mulheres.

O estilista Vol Fioravantte afirma que tem visto as noivas usarem e abusarem dos cortes diferenciados, de uma modelagem desconstruída e de tecidos mais encorpados, como o tafetá, cetim italiano e a seda. Nada de bordados muito carregados. “É muito bonito aquele vestido que cria volumes e texturas com o tecido, isso funciona muito bem para o inverno”, declarou. A partir de novembro, quando a temperatura já começa a subir um pouco mais, a dica são os tecidos fluidos, um véu longo e mais armado na cabeça e acessórios como flores.

Vestido estilista Vol Fioravantte
Foto: Marcelo Andrade
Vestido estilista Vol Fioravantte
Foto: Marcelo Andrade

Para o estilista Marco Tarragô a palavra que define a tendência em vestidos de noivas é renda! Ele acredita que um vestido em tafetá ou cetim italiano, para dar mais volume, com rendas e, até mesmo, um bordado bem suave com cristais swarovski é o que está em alta. Detalhes como laços e flores no vestido podem deixar o visual da noiva mais charmoso ainda. Além disso, segundo Tarragô, oito entre dez mulheres escolhem vestidos tomara que caia.

Vestido estilista Marco Tarragô
Foto: Divulgação / Facebook Atelier Marco Tarragô
Vestido estilista Marco Tarragô
Foto: Fábio Martins
Vestido estilista Marco Tarragô
Foto: Rafael Borges

Karen Raissa diz que tem tendência a misturar elementos tradicionais com aqueles mais modernos. A estilista garante que um vestido que tenha uma saia em tule, com bastante volume, nunca sai da moda e agora, principalmente, tem sido uma grande aposta em casamentos. Na parte superior do vestido, a dica são tecidos como shantung, musseline e seda drapeados, sempre com uma modelagem e decotes que favoreçam as curvas. Por fim, ela aconselha que o sapato seja arredondado, que marca bem o estilo romântico. Se for inverno, um bolerinho sequinho, de shantung pode resolver o problema.

Vestido estilista Karen Raissa

Vestido estilista Karen Raissa

Roberto Raiffone indica como tendência para o inverno os vestidos com mangas longas, estrutura de ombros com bordados e aplicações de renda ou pinturas de agulha com bordado. Para o estilista o ideal é seguir uma linha mais lisa, reta e clean, levemente evasê. Sobre a escolha do tecido ele foi incisivo: cetim de seda pura, zibeline ou crepe madame. No verão, organzas duplas, musseline de seda pura e crepe romain. Também pode ter nesgas plissadas e ser um pouco mais curto na frente. Mesmo no verão, o estilista conta que não abre mão das caudas longas.

Fonte: Hagah

Tendências em tecidos para decoração personalizam os ambientes da casa
enviado em 21 de março de 2014

tecidos

Cada vez mais as pessoas têm dado importância à decoração de todos os ambientes da casa, onde as cores fortes em contraste com os tons mais suaves dão o tom do momento

Ambientes mais coloridos vão tomar conta da preferência na decoração brasileira. Salas, cozinhas e quartos, onde antigamente predominavam cores sóbrias, estão recebendo o multicolorido nos detalhes, como almofadas e toalhas, por exemplo. “Os ambientes da casa estão sendo personalizados de acordo com o estilo de seus moradores, mas sem extravagância ou exagero, por isso as cores suaves ainda permanecem em contraste com os tons mais fortes”, explica Alex Pontes, designer da Tecelagem Panamericana, empresa integrante do Comitê Texbrasil Décor da ABIT.

Ramiro Sanchez Palma,coordenador-presidente do Comitê explica: “O desenho, quer seja em jacquard, estampado, listrado ou xadrez, vai de um lugar a outro no ambiente. Ora na cortina, ora no estofado, no tapete e até na parede. Associado a isso os designers de móveis e decoração estão antenados e criativos, o que faz com que muitos elementos sejam utilizados. O tema mais fresco é a textura do tecido, seja leve ou pesado aceita-se mais detalhes e complexidade. Nas cores temos alguns cítricos, mas o azul vem muito bem, e os tecidos que estão em alta neste ano são os rústicos, tanto em cortinas, quanto no revestimento de móveis e parede”.


Pontes complementa o raciocínio de Palma, observando que o forte apelo ecológico também tem feito parte da busca de tecidos para decoração no Brasil. “A aparência rústica, mas em um tecido não muito pesado, é o que tem predominado nas cortinas. O que já vinha sendo indicado em 2012 chegou com mais força neste ano, que são os tecidos feitos com fibra natural, como linho, seda, juta, algodão e rami, por exemplo. As misturas dão mais leveza aos tecidos e também diminuem o custo.

Segundo a diretora comercial do Lanifício Leslie, Claudia Lellis, “o natural do linho é ainda muito forte entre as principais tendências, em especial quando combinado com cores mais contrastantes como o verde cítrico ou o azulão. Um novo tom de neutro é uma das grandes pedidas, diferente do cinza ou bege, é um branco mais sujo, extremamente suave e chique”, diz Cláudia, acrescentando que o tecido de linho é natural e ecológico, por isso todos os produtos 100% linho estão em alta. “Atualmente a tendência busca a leveza do linho, e por isso aumentou a procura por tecidos leves produzidos a partir dos fios mais finos, destinados em sua maioria à confecção de cortinas e capas para sofás e poltronas”.

Decoração mais personalizada e dinâmica
Pontes ressalta que a média transparência é uma característica da preferência dos brasileiros no que se refere a cortinaria, diferente da Europa onde os tecidos pesados são mais usados. O designer revela ainda que os tons mais neutros prevalecem nas cortinas e as cores são aplicadas em outros acessórios que compõem o ambiente. “As cortinas coloridas ficam para os quartos de criança”, destaca.
Pontes acrescenta que ainda predominam o azul e o rosa no quarto das crianças, neste caso, mais suaves, porém outras cores podem servir para deixar o ambiente mais colorido. “Aquele ambiente onde só existe uma cor com tudo combinando é coisa do passado, a busca de tecidos e acessórios mostra uma decoração mais personalizada e alegre, além dissoo que ficava de um jeito por vários anos, agora tem a tendência de mudar com mais frequência”.

Outra tendência são as estampas que tem a natureza como fonte de inspiração. Para Angélica Giovanini, designer da Paranatex Decor, a pureza  e leveza dos tons naturais são fontes de inspiração, como os offwhites, que são a base da decoração, quando complementada pelas tonalidades mais vibrantes,  como o turquesa, laranja ou amarelo intenso. “O mesmo ocorre com as texturas de galhos, folhas e reflexos da água, ou seja, temáticas da natureza nas estampas ou expressas nos tecidos falsos lisos, por meio de texturas ou acabamentos especiais”.

Fonte: Atuais News

Aprenda a revestir móveis com tecidos
enviado em 25 de fevereiro de 2014

Que tal fazer uma mudança radical nos móveis de uma maneira simples, fácil e com um resultado incrível?

Como? Forrando com tecidos, cômodas, criados-mudos ou qualquer pequena peça que esteja esquecida em casa.

Para isto, você só precisa escolher um tecido legal, cola branca e termolina leitosa.

Comece colando o tecido no móvel com a cola diluída com água. Use 10% de água em relação a quantidade da cola.

Vá esticando o tecido com a mão ou com uma régua. Acerte os cantos cortando com uma pequena tesoura.

Depois colado e seco o tecido, passe a termolina por cima . Isto dará a ele uma proteção, como se fosse um “engomado envernizado” que também confere melhor acabamento.

Veja nas fotos algumas idéias do que voce poderá criar.

Fonte: Casos de Casa

Tendências para Casamentos 2014 - Vestidos
enviado em 12 de fevereiro de 2014
Olá noivinhas e amigas do blog, tudo bem?
Já estamos em setembro, os dias passam rapidamente e quando nos dermos conta, chegaram as festas de fim de ano, chegou 2014 e o seu casamento (o nosso, pois o meu também será em 2014, rsrs). E como já sabemos, todo ano temos novas tendências em todos os setores, e como é de se esperar, muitas tendências para os casamentos. Então, pesquisei o que será (ou se manterá) tendência para o próximo ano. Espero que vocês gostem e comentem ao final.
Se você vai casar em 2014 e ainda não escolheu o seu vestido, se está em dúvida, ou se já casou e chegou até aqui para ver as novidades, você veio ao lugar certo. Nesse primeiro post, vamos falar sobre tendências para os vestidos em 2014.
Lembrando que falar sobre tendência sempre é bom, tem muita noivinha que vai atrás do que é novidade. Mas também é um perigo, pois também tem muita gente que tem uma escolha em pensamento e pouco importa se ela faz parte da moda ou não. E na verdade, é isso o que você tem que levar em consideração:as suas escolhas. Esse post é apenas para mostrarmos o que está em alta, o que está por vir. Mas se as suas escolhas não estão entre as dicas, não tem problema. Não adianta seguir uma determinada tendência que não tenha nada a ver com você, e quando pegar o álbum de fotos ver outra pessoa lá.
Dito isso, vamos ver as novidades?
Muitas rendas, transparências, bordados delicados, tecidos fluídos…detalhes com um toque de ousadia mas sem perder a elegância chegam com tudo para valorizar a mulher, fazendo com que ela se sinta muito mais bonita e feminina no dia mais importante de sua vida.
O tomara que caia continua aí, mas vem perdendo parte do seu lugar de “queridinho” e dando espaço às alças, às mangas rendadas e aos vestidos com o colo coberto e com transparências.
Rosa Clará
Rosa Clará
Vestidos com costas trabalhadas também são super tendência e podem ser usados em qualquer estilo de casamento, basta você escolher os detalhes, como rendas e decotes discretos para o dia e aplicações de pérolas, cristais e outras pedras para um vestido mais glamouroso para a noite. Esse é um vestido bem especial, pois na hora da cerimônia passamos a maior parte do tempo de costas para os convidados, então, escolha um modelo bem lindo! Combinando rendas, flores de seda e bordados em pérolas e cristais, compõem a imagem da noiva moderna e do seu estilo.
Os vestidos da estilista Veluz Reyes são verdadeiras obras de arte!

Os vestidos das coleções de 2014 são para a noiva autêntica, segura de si, mas que não deixa a sua delicadeza de lado. Rendas florais ou geométricas, vestidos com fluidez e movimento, cetim texturizado com caimento suave e esvoaçante, todos com cortes especialmente pensados para valorizar a naturalidade e movimentos da noiva. As rendas francesas, guipir, chantily permanecem em alta e convivem em harmonia.

Pronovias 2014
Pronovias 2014

Você pode apostar nas transparências, bordados, fendas e decotes, cada elemento vem para deixar a noiva mais sensual, mas em versões que passam longe de deixá-la vulgar.

Pronovias 2014
Ainda, têm o seu destaque os vestidos curtos e os “mutantes”, aqueles que de longos transformam-se em curtos.
Reprodução

E mais: aparecem os vestidos totalmente pretos, como os da marca Yolan Cris. A coleção Primavera 2014 da estilista Vera Wang também veio com muitos detalhes em preto, conforme vimos aqui no blog.

Yolan Cris 2014

Permanecem as saias volumosas, vestidos acinturados, véus elaborados, sofisticados, os babados e bordados…

Pronovias 2014
Para resumir: há cortes, tecidos, modelos, comprimentos, cores para todas as noivas. A noiva 2014 é contemporânea, que tem atitude, estilo único, mas sem perder o romantismo! Não há um único modelo perfeito, todos são maravilhosos, mas haverá aquele que será perfeito para você!

O papel dos pajens e daminhas no casamento
enviado em 29 de janeiro de 2014

Dama de honra e pajem

Shutterstock/Dmitriy Shironosov

Um dos momentos mais delicados e fofos da cerimônia de casamento é a entrada dos pajens e daminhas. Mas os noivos devem ficar atentos à escolha, pois crianças muito pequenas podem dar trabalho na hora do cortejo. As roupas também devem ser escolhidas com cuidado.

Função do pajem e da daminha

A principal função dos pequenos é acompanhar os noivos e levar as alianças. “As meninas geralmente acompanham a entrada da noiva e apenas os pajens podem levar as alianças, mas eles também podem carregar os cestinhos com trouxinhas de arroz, jogar pétalas no caminho da noiva, segurar o buquê para a noiva durante a cerimônia, se tiverem idade para isso, e principalmente enfeitar o cortejo”, orienta Simone Tostes, cerimonialista.

Não existe uma regra para a quantidade de pajens ou daminhas no casamento, mas o ideal é nunca colocar mais que quatro crianças. “O mais indicado é colocar uma dama de honra e um pajem, uma florista e um pajem apenas para as alianças”, indica Grace Zainho, também cerimonialista.

Geralmente o pajem irá entrar apenas no momento das alianças, carregando-as em uma almofadinha ou bandeja de prata. Segundo Simone, na ausência do pajem, o noivo ou um padrinho pode levar as alianças no bolso do paletó.

 Dama de honra e pajem

Shutterstock/Bettina Baumgartner

É importante explicar para a criança o que irá acontecer e como ela vai participar daquele momento tão especial na vida dos noivos. Crianças muito pequenas podem dificultar o andamento do casamento. “Elas podem chorar, desviar-se do caminho até o altar, não querer entrar na hora H, sair correndo, é imprevisível, por isso o ideal é escolher crianças que já entendam a importância do papel delas neste momento”, diz Simone. “A idade ideal para a daminha e o pajem é após os cinco anos, depois dessa idade a criança já consegue entender o significado do casamento”, indica Grace.

Daminha ou demoiselles

As crianças podem entrar na igreja antes ou acompanhando a noiva. “As crianças podem percorrer o caminho até o altar e só depois a noiva entra acompanhada dopai. Na outra forma, as crianças entram no mesmo momento em que a noiva, fazendo o cortejo até o altar”, explica Simone. “Hoje em dia a ordem de entrada mais usada é os padrinhos da noiva e do noivo intercalados, os pais, o noivo, damas e pajens, a florista, a noiva e por último o pajem sozinho com as alianças”, diz Grace.

É ideal sincronizar a idade e a altura das crianças. “Os pares também devem ser agrupados por altura e a distância ideal de um casal para o outro é de três passos”, informa Simone. “Para os noivos que não têm crianças na família para realizar esse papel, as demoiselles estão sendo muito requisitadas pelas noivas”, indica Grace. Saiba qual o papel das demoiselles no casamento.

As damas adultas entram sozinhas e com os vestidos do mesmo modelo e cor. Esse posto geralmente é ocupado pelas irmãs ou amigas dos noivos. Segundo Simone, o ideal é ter pelo menos uma dama e um pajem e deixar as adultas para madrinhas. “Se forem adolescentes irmãs de um dos noivos é uma bela homenagem e, mesmo que haja daminhas, fica bonito ter uma demoiselle no cortejo”, indica a cerimonialista.

Damas de honra

Shutterstock/dbdavidova

A roupa dos pequenos geralmente é fornecida pelos noivos e não necessariamente precisa ser igual a dos protagonistas  da festa, manter o padrão do vestido e terno é o mais importante, mas para as crianças a roupa pode ser mais alegre e as daminhas ainda podem levar um buquê como a noiva.

O pajem também pode usar uma roupa igual a dos padrinhos. “Assim como as damas usam um vestido, na maioria das vezes branco, apenas com alguns detalhes, o pajem deve usar a roupa de acordo com os noivos e padrinhos, normalmente são ternos escuros e com a camisa branca”, sugere Simone.

O vestido da daminha também pode ser de outra cor. “Pode combinar com os tons escolhidos na decoração do casamento, com a cor do buquê ou da ornamentação da igreja, o importante é que os vestidos e o buquê da dama sejam iguais”, atenta Simone. “O vestido pode sim também ter detalhes de outra cor, mas é importante não escolher tons tão escuros como, vermelho ou preto”, atenta Grace.

Fonte: BBEL

Bodas de casamento
enviado em 8 de janeiro de 2014

Para cada ano de casamento, uma representação e uma nova etapa.

Bodas de casamento

Boda é a festa que celebra seu aniversário de casamento. Sua origem provém do latim,votum, que significa promessa. Por isso esse momento é especial afinal, uma promessa para toda a vida une elementos que contribuem para que tenha a força simbólica que merece.

É tradicional na cultura ocidental comemorar a celebração do casamento com as bodas (no Brasil é costume pronunciar a palavra no plural). Para quem gosta de festa vale a pena conhecer mais sobre as bodas e sua representação a cada ano.

As bodas de prata de casamento, quando se comemoram 25 anos de casado, e as bodas de ouro, quando se comemoram 50 anos, são as mais conhecidas e comemoradas. Nestas ocasiões, não só a família, mas os amigos também são convidados para a festa!

Tipos de bodas de casamento:

01º Bodas de Papel 51º Bodas de Bronze
02º Bodas de Algodão 52º Bodas de Argila
03º Bodas de Couro ou Trigo 53º Bodas de Antimônio
04º Bodas de Flores, Frutas ou Cera 54º Bodas de Níquel
05º Bodas de Madeira ou Ferro 55º Bodas de Ametista
06º Bodas de Açúcar ou Perfume 56º Bodas de Malaquita
07º Bodas de Latão ou Lã 57º Bodas de Lápis-lazúli
08º Bodas de Barro ou Papoula 58º Bodas de Vidro
09º Bodas de Cerâmica ou Vime 59º Bodas de Cereja
10º Bodas de Estanho ou Zinco 60º Bodas de Diamante
11º Bodas de Aço 61º Bodas de Cobre
12º Bodas de Seda ou Ônix 62º Bodas de Telurita
13º Bodas de Linho ou Renda 63º Bodas de Sândalo
14º Bodas de Marfim 64º Bodas de Fabulita
15º Bodas de Cristal 65º Bodas de Platina
16º Bodas de Safira ou Turmalina 66º Bodas de Ébano
17º Bodas de Rosa 67º Bodas de Neve
18º Bodas de Turquesa 68º Bodas de Chumbo
19º Bodas de Cretone ou Água Marinha 69º Bodas de Mercúrio
20º Bodas de Porcelana 70º Bodas de Vinho
21º Bodas de Zircão 71º Bodas de Zinco
22º Bodas de Louça 72º Bodas de Aveia
23º Bodas de Palha 73º Bodas de Manjerona
24º Bodas de Opala 74º Bodas de Macieira
25º Bodas de Prata 75º Bodas de Brilhante ou Alabastro
26º Bodas de Alexandrita 76º Bodas de Cipestre
27º Bodas de Crisoprásio 77º Bodas de Alfazema
28º Bodas de Hematita 78º Bodas de Benjoim
29º Bodas de Erva 79º Bodas de Café
30º Bodas de Pérola 80º Bodas de Nogueira ou Carvalho
31º Bodas de Nácar 81º Bodas de Cacau
32º Bodas de Pinho 82º Bodas de Cravo
33º Bodas de Crizopala 83º Bodas de Begônia
34º Bodas de Oliveira 84º Bodas de Crisântemo
35º Bodas de Coral 85º Bodas de Girassol
36º Bodas de Cedro 86º Bodas de Hortênsia
37º Bodas de Aventurina 87º Bodas de Nogueira
38º Bodas de Carvalho 88º Bodas de Pêra
39º Bodas de Mármore 89º Bodas de Figueira
40º Bodas de Esmeralda 90º Bodas de Álamo
41º Bodas de Seda 91º Bodas de Pinheiro
42º Bodas de Prata dourada 92º Bodas de Salgueiro
43º Bodas de Azeviche 93º Bodas de Imbuia
44º Bodas de Carbonato 94º Bodas de Palmeira
45º Bodas de Rubi 95º Bodas de Sândalo
46º Bodas de Alabastro 96º Bodas de Oliveira
47º Bodas de Jaspe 97º Bodas de Abeto
48º Bodas de Jaspe 98º Bodas de Pinheiro
49º Bodas de Heliotrópio 99º Bodas de Salgueiro
50º Bodas de Ouro 100º Bodas de Jequitibá

Fonte: BBEL

Tecidos para vestido de noiva: entenda as diferenças
enviado em 31 de dezembro de 2013

Veja os mais indicados para as diferentes modelagens

Vestido: Fafi Vasconcellos / Foto:Sharon Eve Smith

Por Renata Demôro

O primeiro item no checklist da noiva é, sem dúvida, o vestido. É o mais importante e também aquele que pode gerar mais dúvidas. Para ajudar na busca pelo modelo dos sonhos, Fafi Vasconcellos, estilista especializada em noivas, começa com uma dica importante: “Tecidos são compostos por fibras, que podem ser naturais (seda, algodão, linho), sintéticas (poliéster, poliamida, elastano) ou artificiais (acetato e viscose)”, explica a estilista.

Como a seda não é um tecido e, sim, uma fibra, ela pode estar presente em diferentes texturas, como tule de seda, organza de seda, musseline de seda, entre outros tecidos. De acordo com Fafi, os tecidos compostos por fibras naturais possuem caimento mais delicado e permitem que a pele respire. A seguir, Fafi explica os caimentos dos diferentes tipos de tecido e para quais modelos de vestido são recomendados:

  • Rendas
    De acordo com a estilista Fafi Vasconcellos, “existem diferentes tipos de renda e cada uma conta com um caimento específico. A chantilly, por exemplo, é mais leve. Renascença e soutache são mais armadas. A escolha vai depender muito do efeito desejado no vestido, mas a renda point d’esprit, aquela com pequenas bolinhas, está entre as queridinhas das noivas”.
  • Tule
    É um tecido com trama mais aberta, semelhante a uma colmeia. O tule do tipo francês é o único que possui brilho. “Os tules que têm a composição de poliamida ou poliéster são usados para saias mais amplas e armadas, estilo bailarina, e também nos véus. Já o tule de seda tem o caimento mais delicado e não arma, podendo ser utilizado em vestidos mais fluidos”, diz Fafi.
  • Musseline
    “É um tecido transparente bem levinho, usado para modelos com drapeados bem pequenos ou saias esvoaçantes”, explica a estilista.
  • Organza
    “A organza é transparente e tem caimento levemente armado”, explica a estilista. O tecido não é indicado para quem deseja um modelo mais fluido, como os vestidos indicados para casamentos na praia.
  • Gazar
    Se você procura um vestido com saia de princesa, esse tecido pode ser uma opção. Segundo Fafi, “o gazar é transparente e bem encorpado. É ideal para vestidos com saias bem armadas e volumosas”.
  • Cetim
    O cetim conta com certo brilho e, segundo Fafi, o tecido possui diferentes espessuras: “O mais leve usamos para drapear ou fazer um vestido mais esvoaçante e lânguido, já o tecido de gramatura mais pesada é ideal para saias mais encorpadas e armadas, estilo princesa. Sem dúvida, o caimento do cetim de seda é mais natural e delicado quando comparado ao sintético”.
  • Zibeline
    O zibeline é tradicional e possui brilho delicado e acetinado. “Ele é levemente armado, ideal para vestidos com saias amplas e tops estruturados”, orienta a estilista.
  • Chiffon
    “Tem a leveza da transparência, mas possui caimento com certo peso. É indicado para vestidos mais fluidos e lânguidos e saias rodadas”, recomenda a estilista.
  • Tafetá
    “É um tecido quase fosco e costuma ser usado para dar bastante volume nas saias do vestido, mas também cai bem quando drapeado. O tafetá é recomendado para modelos com saias amplas e tops estruturados”, explica Fafi.
  • Crepe
    Se você busca saias armadas e vestidos estruturados, este não é o melhor tecido. O crepe não possui brilho e, de acordo com a estilista, “é indicado para modelos mais fluidos e saias rodadas”.

Fonte: GNT

Vestido de noiva: evento apresenta tendências de grifes nacionais
enviado em 24 de dezembro de 2013

Bordados em 3d e modelagem princesa estão em alta

Por Renata Demôro

A moda noiva ganha cada vez mais destaque no mercado nacional. Um evento dedicado apenas ao look do grande dia apresentou as tendências do setor para as próximas estações. Destaque para as aplicações em 3D que surgem como uma nova forma de destacar regiões específicas do vestido sem pesar no visual. A seguir, veja o que está em alta e inspire-se:
  • Bordados em 3D
    Fotos (em sentido horário): Carol Hungria, Yolan Cris, Solaine Piccoli, Maison Kas,
    Samuel Cirnansck e Carol Hungria

    Aplicações de flores, recortes de renda e cristais dão volume ao look sem pesar. Parece um pequeno detalhe, mas durante a caminhada da noiva até o altar os bordados ficam evidentes e destacam determinadas regiões do vestido.

  • Cauda
  • Fotos (em sentido horário): Esposar, Maison Kas, Solaine Piccoli e Carol Hungria

    Vestidos de noiva costumam contar com cauda. A diferença da versão atual é que o detalhe pode vir em um tecido completamente diferente daquele que compõem o restante do vestido ou surgir como um complemento de um vestido de noiva mais curto na frente.

  • Costas trabalhadas
    Fotos (em sentido horário): Carol Hungria, Samuel Cirnansck, Maison Kas,
    Solaine Piccoli, dois modelos de Samuel Cirnansck

    Tendência forte em coleções internacionais para noivas, a região das costas também vem sendo bem explorada pelas grifes nacionais. O grande destaque é a aplicação de renda sobre tule, dando a ilusão de que os bordados estão sobre a pele, mas os clássicos botões  e até correntes com cristais também foram vistos na passarela.

  • Curtos
    Fotos (em sentido horário): dois modelos de Samuel Cirnansck, Bibi Barcellos e
    Maison Kas

    Os curtos estão cada vez mais presentes nas coleções de noivas. O destaque fica por conta dos modelos super trabalhados, com mangas compridas, mix de tecidos e bordados sofisticados.

  • Princesa
    Fotos (em sentido horário): Samuel Cirnansck, Bibi Barcellos, Carol Hungria,
    Solaine Piccoli, Samuel Cirnansck, Esposar

    O look princesa surgiu moderno, com saias volumosas em tule ou com aplicação de plumas e corpo ajustado. O decote coração é unanimidade, mas também pode ganhar sobreposição de mangas longas em renda.

Novos estilos e tendências na decoração
enviado em 20 de dezembro de 2013

Moldado pelo estilo de vida, os espaço interagem com as necessidade reais das famílias e novos conceitos surgem no universo do design de interiores. Segundo o WGSN (o maior e mais importante portal de tendências) as novas gerações estão interessadas em qualidade de vida e sustentabilidade.

Andrea Bisker, diretora na América Latina do portal, antecipa as macrotendências da temporada. Confiram:

Hipercultura

Mistura de estilos, ícone e valores de diferentes culturas. Aposte em estampas étnicas e artesanato exótico. Destaque para países como Egito, Turquia, África do Sul, Colômbia e Indonésia.

Sala Étnica - Decoração

Sala Étnica - Decoração

Sala Étnica - Detalhes da decoração

Neutralidade radical

Tons sóbrios e apagados, espaços amplos com poucos elementos e as formas andróginas. Aposte nos ambientes com uma cor neutra dominante e nas formas puras.

Neutralismo Radical - Sala

Neutralismo Radical - Sala

Eco hedonismo

Cores pantanosas, como o verde musgo, o ocre e o terracota. Aposte no uso de pêlos, palhas e animal print, mas em versões sintéticas que não agridem a natureza.

Eco Hedonismo - Decoração

Eco Hedonismo - Decoração

Eco Hedonismo - Decoração